Ensino Doméstico - Educação Domiciliar

Aos pais pertence o direito de escolher a educação dos filhos

Amados, gostaria que neste espaço agente colocasse todo material para homeschool que nós conhecemos.

Vamos estar ajudando uns aos outros.

Dando dicas de sites, blogs e outros,  desde a alfabetização até ensino médio.

Vamos nos unir cada dia mais.

Abraços, Fluvia.

Exibições: 16398

Responder esta

Respostas a este tópico

os sites que uso normalmente para tirar dúvidas é:

www.somatematica.com.br; www.soportugues.com.br; www.sogeografia.com.br; www.sobiologia.com.br.

nesses sites você poderá encontrar outras portas para acessar, bem como muito material para comprar.

abraços.

Olá a todos, gostaria de expor um detalhe: algumas matérias não mudam muito o conteúdo, como Língua Portuguesa, Matemática, mas há um grande risco de cometermos o erro de perpetuar mentiras apresentadas nos conteúdos de História, Geografia, e muito em Ciências, Biologia, Física, Química. Este (abaixo) é um dos vídeos que fala justamente do que nos é apresentado pela mídia (corrompida) e simplesmente repetimos as coisas sem saber na verdade o que está acontecendo. Um dos motivos pelos quais optei pela ED é justamente livrar-nos das mentiras e ilusões que querem que acreditemos. Ninguém fala por exemplo em quem inventou o dinheiro, como funciona o esquema  capitalista (escravgista), a intenção do Marketing; que as guerras são promovidas visando lucro e que a mesma pessoa/entidade financia os dois lados... se quisermos mudar algo no futuro precisamos acordar para certos fatos. Pesquisar muito.

O link do vídeo: http://www.youtube.com/watch?gl=BR&v=LnV2DBVAcZo

Sugiro também o livro "A Biologia da Crença" de Bruce H. Lipton. Não ensinam ao ser humano o poder natural do pensamento e a verdadeira natureza da energia, sua mecânica, ou como funciona a máquina humana. O autoconhecimento é a única porta que leva à libertação de nossa própria ignorância e consequentemente à evolução. Esse assunto não tem nada haver com religião, esoterismo, é científico e absolutamente natural, apenas não nos informam por conveniência.

Obrigada.

Boa semana a todos.

Penso o contrário.

 

O que mais se "vende" ou melhor se propagandeia é que:

- marketing  cria demanda

- capitalismo é  mau

- as guerras são culpa da indústria bélica

 

Felizmente, o marketing não tem poder de criar demanda, o capitalismo (se bem entendido) não tem nada de escravagista pois é a forma de produção baseada nas trocas voluntárias entre as pessoas (bem diferente da coerção existente em sociedades de centralização econômica), e a indústria bélica não tem o poder de convocar uma nação para a guerra, quem faz isso é o governo, portanto se há uma relação entre governo e big business bélico a última coisa que precisamos é de mais poder para o Estado. Se não houver o que trocar e barganhar (poder, por exemplo, para determinar uma guerra, invasão e de convocar o povo) a indústria bélica não iré se beneficiar do lobby com políticos.

Bem Filipe, é isso o que vejo. O governo não governa, são marionetes; o povo não pensa, está dormindo, dopado com tanta droga que se vende nos supermercados chamando de comida, a mídia falseia, ou seja... o buraco é mais em baixo.  Meu estilo de vida é o natural e grande parte da humanidade está absolutamente longe disso. Já vi que não posso auxiliar em seu projeto mas mesmo assim uma coisa é certa: a ED é o melhor caminho para que alguma coisa mude (para melhor, é o que desejo). Um grande abraço!

Se o governo tivesse menos poder, as empresas não fariam alianças com políticos e teriam de se virar, competindo, para ter lucro, ao invés de terem monopólios garantidos pelos governantes, que impedem novas empresas de atuarem e desestimula a competição. Resultado? Tudo fica mais caro para o consumidor.

Olá Filipe,

só agora cheguei a este site, porque tenho interesse em tirar os meus filhos do ensino regular. 

Já há algum tempo que venho sentindo essa necessidade e este ano a perspectiva de me mudar para Angola veio reforçar essa vontade, pela falta de oferta educativa de qualidade lá.

Preciso mesmo de material didáctico de apoio, apesar de já ter começado algumas experiências fortuitas com eles em casa e ter dado resultado.

Estou com muita vontade de dar apoio nesta vossa iniciativa e informo desde já que essa visão que tem do mundo, é a que eu partilho também. Acima de tudo, gostava que os meus filhos de 12 e 10 anos crescessem a perceber que a vida é mais do que testes e notas e que aprender é mais do que ficar sentado numa sala a ouvir alguém debitar assuntos que eles não sabem bem relacionar com a vida "real"...

Patrícia Grade

Filipe Rangel Celeti disse:

Agradeços as respostas.

 

É exatamente isso que precisamos. Uma construção colaborativa de um material.

O que pensei:

1 - Resumo das teorias de aprendizagem, psicologia infantil, etc.

 Uma base do que se tem sobre como funciona o processo de aprendizagem para auxiliar os pais que não possuam formação nessas áreas.

 

2 - Planejamento de atividades para crianças na chamada idade pré-escolar.

Mesmo pais que por algum motivo irão matricular seus filhos em escolas, podem nesta idade já ensinar muita coisa e preparar os filhos pro futuro desenvolvimento pleno.

 

3 - Planejamento de currículo para o homeschooling.

Podemos pensar um plano nos moldes modernos de disciplinas e de tempo anual.

Podemos pensar um plano nos moldes clássicos de disciplinas, independente do tempo que demore.

A partir das teorias de aprendizagem podemos pensar nas habilidades para cada idade. Se preferirem, podemos até mesmo indicar livros didáticos já existentes para o ensino domiciliar.

 

Um de meus pontos é que infelizmente os livros didáticos existentes estão inundados de ideologias. A ideia de um material didático me surgiu para realizar um material que não venha contar o mundo como se fosse uma luta do bem contra o mal (ex: portugueses x indios, brancos x negros, patrao x empregado). Mas aí também esbarra em como vocês olham para o mundo.

 

Eu teria a acrescentar nas áreas de Humanas e de Teorias Pedagógicas.

 

E sim, é um projeto demorado e de bem longo prazo.

Material muito interessante: www.novotelecurso.org.br.

O jovem pode estudar diretamente através das vídeo aulas do site. Não precisa baixar. Tem todas as aulas

do ensino fundamental e do ensino médio. Jóia mesmo.

Ótima dica. Gostei!!!

Obrigado amado.

Olá eu chamo-me Raquel e sou profesora do 1º ciclo, desiludida com a evolução da educação em Portugal acho este ensino doméstico uma opção muito interessante, penso que seria uma opção para os meus filhos. Se alguém precisar de ajuda talvez eu o possa fazer, tenho muita experiência com dislexicos e posso ajudar a ultrapassar algumas dificuldades ou se alguém necessitar de outras ajudas.

Atentamente

Raquel

 

Boa tarde,

Na busca por material que pudesse usar para fazer algumas actividades em casa com os meus dois filhos, encontrei muitos materiais em sites norte-americanos de homeschool, muito educativos, mas que infelizmente, ao serem em inglês, não se adaptam bem à nossa língua. Por exemplo, para trabalharem a letra A, eles usam o desenho de uma maça (apple), etc. Assim, iniciei um blog de partilha de alguns desses materiais em inglês, que podemos usar para  actividades mais lúdicas, como as cores, as formas, etc, e onde tenciono também colocar materiais feitos por mim, adaptados ao português, mas inspirados nos materiais americanos. Além dos packs de actividades mais básicos, estou também a pensar colocar material de apoio para o estudo da História de Portugal, Geografia, entre outros, escritos de modo simples para servirem de apoio a actividades escolares mais aprofundadas. O objectivo é ajudar os pais a participarem mais na educação dos filhos, sem dispender dinheiro, e nesse âmbito, convido desde já todos os que partilham deste objectivo, a darem a sua opinião sobre a minha pretensão de criar os materiais em português e adaptados ao nosso país. Fico a aguardar os vossos comentários e/ou opiniões, positivas ou negativas, todas relevantes para mim. Obrigada

Fernanda Claudio (maegalinhaeseusdoispintos.blogspot.com)

Olá Felipe, gostei muito do projeto. Se precisarem de ajuda, só entrar em contato. Sou designer gráfico.

Filipe Rangel Celeti disse:

Agradeços as respostas.

 

É exatamente isso que precisamos. Uma construção colaborativa de um material.

O que pensei:

1 - Resumo das teorias de aprendizagem, psicologia infantil, etc.

 Uma base do que se tem sobre como funciona o processo de aprendizagem para auxiliar os pais que não possuam formação nessas áreas.

 

2 - Planejamento de atividades para crianças na chamada idade pré-escolar.

Mesmo pais que por algum motivo irão matricular seus filhos em escolas, podem nesta idade já ensinar muita coisa e preparar os filhos pro futuro desenvolvimento pleno.

 

3 - Planejamento de currículo para o homeschooling.

Podemos pensar um plano nos moldes modernos de disciplinas e de tempo anual.

Podemos pensar um plano nos moldes clássicos de disciplinas, independente do tempo que demore.

A partir das teorias de aprendizagem podemos pensar nas habilidades para cada idade. Se preferirem, podemos até mesmo indicar livros didáticos já existentes para o ensino domiciliar.

 

Um de meus pontos é que infelizmente os livros didáticos existentes estão inundados de ideologias. A ideia de um material didático me surgiu para realizar um material que não venha contar o mundo como se fosse uma luta do bem contra o mal (ex: portugueses x indios, brancos x negros, patrao x empregado). Mas aí também esbarra em como vocês olham para o mundo.

 

Eu teria a acrescentar nas áreas de Humanas e de Teorias Pedagógicas.

 

E sim, é um projeto demorado e de bem longo prazo.

Gosto muito dos livros de matemática do Prof. Ênio Silveiro e Claudio Marques. Tem explicações e bastante exercícios.

 

Responder à discussão

RSS

© 2018   Criado por Paula.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço