Ensino Doméstico - Educação Domiciliar

Aos pais pertence o direito de escolher a educação dos filhos

*Um murro na adolescência*--- Reportagem excepcional sobre o Bullying nas escolas e a apatia dos que "guardam os nossos filhos"

Para quem não tenha tido oportunidade de ver ....


Exibições: 190

Responder esta

Respostas a este tópico

Acabei agora de ver a reportagem. Fui vítima de bullying na escola e, na altura, cheguei a ponderar o suicídio. Acho admirável que julguem que peças de teatro e afins conseguem resolver o problema. Talvez por ver que nada mudou e que até piorou não queira correr o risco de ver a minha filha passar pelo mesmo. Ainda me lembro do sentimento de terror que me assolava todos os Domingos à noite e de desejar nunca acordar na manhã seguinte.
Beijinhos*
Bem haja Ana Margarida!!!! What a relief!! Focou EXACTAMENTE os aspectos que me tocaram a mim na reportagem ;(
É ridículo, não é? O "teatrinho", o programa de computador...... que grande resposta! que grande ajuda!
Os meus dois filhos foram brutalmente espancados e vitimas de.....outro tipo de assédio ( I must be mute...) e a escola? a escola temendo provas ( tenho algumas fotografias...), inverteu a história de modo a culpabilizar os meus filhos. Resultado? Dois processos disciplinares contra duas crianças que de "agressivas" tem NADA.
Neste momento, aguardo resposta da DREL com "permissão" para educar os meus filhos no ambiente seguro de que dispomos: DENTRO DO MEIO FAMILIAR.
Os agressores....Oh well....continuam a espancar outras crianças no "seguro ambiente escolar", porque.......a escola é inclusiva e expulsões...nope! S´~ao impunes, são poderosos, são donos da escola. Afinal..... ninguém os pode expulsar. É triste, muito triste o que se passa neste país.
Espero que reúna forças para continuar firme.
Beijinhos
Maria Teresa
Que horror! É de facto monstruoso que a Escola tenha se escusado a punir os agressores. Infelizmente, é essa a regra geral. Os agressores acabam por ser protegidos porque se considera que as vítimas são culpadas por atraírem atenções indesejadas.
Espero que corra tudo bem e que os seus filhos, na segurança do lar, se libertem da dor das más experiências. Tudo passa e o que não nos mata torna-nos mais fortes.
Beijinhos* :)
:)
Obrigada. Mesmo.
:) Não tem nada que agradecer.
Beijinhos*

 Olá, Maria Teresa.

Estamos a fazer força com o Ensino Doméstico em Portugal para mudar o rumo das coisas.

Juntos pelos adolescentes não violentos!!!!!

fátima madruga

 

Responder à discussão

RSS

© 2018   Criado por Paula.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço