Ensino Doméstico - Educação Domiciliar

Aos pais pertence o direito de escolher a educação dos filhos

Mercedes Aguiar
  • Feminino
  • Canoas- RS
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Discussões de Mercedes Aguiar

Pensar uma vida melhor para nossos filhos é um dever

                                             Quando percebemos problemas na estrutura social, nos padrões de comportamento dos grupos sociais nos quais  nossos filhos se inserem, temos a obrigação de…Continuar

Started 8 Mar, 2013

Presentes recebidos

Presente

Mercedes Aguiar ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Mercedes Aguiar

Informações do Perfil

Gostarias de falar um pouco de ti? Quem és? Would you like to speak a little about you? Who are you?
Sou artista plástica mãe de uma menina portadora de sindrome de down , fato que me levou a optar pela educação domiciliar...

Blog de Mercedes Aguiar

Amadurecendo

        Hoje para mim educação domiciliar é uma necessidade imperiosa, que nós como pais temos de deixar nosso legado à nossos filhos. Ensiná-los que acima de tudo estamos aqui para crescer. Estudar, adquirir conhecimento nos diferentes campos , ciência, arte, religião ,etc  é o caminho sem fim que percorremos na vida terrena. Ainda o único caminho para a nossa realização como seres humanos. Compartilharmos com nossos filhos as alegrias das descobertas e a superação das dificuldades.  Pela…

Continuar

Postado em 13 janeiro 2014 às 1:59

Escolher a formação moral,ética,afetiva,espiritual dos filhos é um direito dos pais

                     A  sociedade contemporânea tem delegado à psicólogos e educadores em geral o que é atribuição da família.    Quando ingressamos no judiciário solicitando educação domiciliar , juízes e promotores solicitam pareceres de psicólogos, psicopedagogas,etc... E nós os pais ,os que realmente conhecem os filhos ficamos relegados à segundo plano. Esses profissionais tem interesse em manter as crianças na rede de ensino regular, afinal é isso que garante o seu sustento. O que deixa…

Continuar

Postado em 4 março 2013 às 14:36

Caixa de Recados (1 comentário)

Às 21:29 em 18 janeiro 2014, Dagoberto Mebius disse...

Olá Mercedes Aguiar. Peço-lhe desculpa pela demora em responder a seu e.mail. Tentei pelo "tablet", mas marinheiro de primeira viagem é assim mesmo, mas estou retornando ao bom e velho "PC". 

Pois bem, sobre a sua pergunta tenho o seguinte: Trabalho com a educação há mais de 44 anos, inicie minha carreira como professor normalista nas serras do litoral sul de São Paulo, nas escolas isoladas, aquelas ainda com paredes de barrote e coberta com folhas de bananeiras. Bons tempos aqueles em que vivíamos uma educação muito diferente dessas reformuladas, alteradas, copiadas e etcs. Passado os anos deixei a escola pública e passei a me interessar pelos brinquedos, pois como criança pobre tinha que fazê-los com aquilo que tinha por perto. Dessa experiência de infância e adolescência participando no Movimento escoteiro percebi que juntando todos os conhecimentos e habilidades adquiridas poderia aplicá-los na educação de crianças com dificuldades de aprendizado. Tomei então aquilo que o Escotismo tinha de bom que era um método - O Aprender-fazendo. Aplicando esse método com crianças em escolas particulares através do período extracurricular, percebi que à medida que as crianças desenvolviam uma melhor habilidade manual com mais facilidade ela absorvia determinados conteúdos lógicos - matemática por ex. passei então a fazer uma programação em conjunto com a coordenação e professores e criei Oficinas de Desenvolvimento de Habilidades com a finalidade de ensinar crianças a melhorarem não só seu aprendizado como também a autoestima. Hoje ainda aplico as mesmas Oficinas de Desenvolvimento de Habilidades, agora acrescida de Iniciação Científica para alunos do Fundamental I de um colégio em Indaiatuba/SP. Alem dessas atividades, coordeno e aplico atividades com um material bastante interessante - O Lego Education- que desenvolve as habilidades mecânicas e sociais, pois os alunos trabalham em grupos e isso facilita o trabalho de relacionamento intergrupos. Mas a importância das Oficinas de Habilidades na construção de brinquedos é fantástica, pois trabalhando e manipulando materiais básicos - descartados podemos projetar e construir coisas que surgem da imaginação dessas crianças. Tendo necessidade de provar a eficiência do método fiz uma pós em Psicopedagogia Clínica para atender crianças sem a necessidade intervenção emocional ou angustia familiar. Percebo que os alunos com os quais trabalho tem se desenvolvido de forma mais harmônica e mais feliz - acredito que essas são duas "preocupações" infantis: Harmonia e Felicidade.

Vamos agora ao ponto em que você menciona sua atuação como educadora de sua filha com SD.  Não é uma tarefa fácil, mas você está dando mostra que procura informações. Isso é o ponto básico do sucesso que almejo para você. 

Tive um experiência com crianças SD e com múltiplas deficiências (como eram denominadas numa escola aqui em Sorocaba/SP), pois bem com essas crianças aprendi muito. Desenvolvi um sistema de "comunicação” com essas crianças através da manipulação de argila bem pastosa e úmida e com confecção de um tipo de papel “machê”. Esses materiais simples estimulavam os nervos sensores das mãos e era visível uma alteração no humor e nas sensações que essas crianças estavam naquele momento sentindo. Claro que não esperava milagres, mas sempre que elas vinham para a Oficina, vinham esboçando um sorriso ou se manifestando de uma forma que pareciam estarem contentes. Infelizmente não com pude concluir o trabalho com essas crianças, não por mim, mas por uma obcecada falta de interesse da própria instituição.

Pois bem, conhecimento sobre o assunto não falta e sugiro a você que procure desenvolver ao máximo as habilidades manuais de sua filha, seja com materiais que chamo de “contatores” que são a argila, massinhas feitas em casa (não industrializadas), papel e papelão dissolvido em água e

Você precisa ser um membro de Ensino Doméstico - Educação Domiciliar para adicionar comentários!

Entrar em Ensino Doméstico - Educação Domiciliar

 
 
 

© 2018   Criado por Paula.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço